O blog "A arte da Excelência" foi criado para dar continuidade às ideias do e-book de mesmo nome publicado em 18/05/2011. O download gratuito do livro "A arte da Excelência" e outros conteúdos de destaque permanente estão logo abaixo, no lado direito da página. Para ser informado das novas postagens do blog cadastre seu e-mail ou curta nossa página no Facebook. Para entrar em contatoconosco escreva para artedaexcelencia@gmail.com. Um grande abraço e viva com Excelência!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Crie expectativas realizáveis

Meus caros:

   Semana passada escrevi sobre a importância de mantermos o controle sobre a ansiedade pela espera por coisas boas. Isso me fez pensar em escrever essa semana, ainda aguardando a editoração eletrônica do livro “A arte da Excelência”, sobre um elemento que algumas vezes traz desilusão e desmotivação após a concretização de um projeto pessoal ou profissional. Tratam-se das expectativas que formamos sobre os resultados do projeto, ou seja, aquilo que temos esperança que aconteça.

   Pois bem, é muito comum que se diga, para evitar a desilusão de uma expectativa não alcançada, que o ideal seria não criarmos expectativas. Com todo o respeito aos que fazem essa afirmação, isso me parece um tanto quanto impossível, especialmente quando estamos diante de algo que nos é importante. Sonhos e vontade de realização são coisas que nos motivam a seguir adiante, o que torna natural e relevante criarmos expectativas sobre algo que realmente queremos.

   Assim, por exemplo, não consigo imaginar que alguém se case com a pessoa amada sem criar alguma expectativa sobre a vida de casado, que faça um concurso dos sonhos sem esperar nada do exercício efetivo do cargo ou que, como eu, escreva um livro sem ter a íntima esperança que alguém o leia.  

   Portanto, ao realizar projetos não se preocupe em evitar a formação de expectativas. Se você está fazendo algo que realmente gosta ter expectativas é inevitável. Além do que as expectativas são importantes no processo de definição dos resultados que você pretende obter com seus projetos.

   Então, crie expectativas! Você certamente se alimentará delas! Mas não se esqueça de pensar em algum tipo de estratégia para assegurar que suas expectativas se materializem. Caso contrário você pode se desiludir, desanimar no meio do caminho ou simplesmente não se sentir realizado com todo o esforço feito.

   E qual seria a melhor estratégia para assegurar que as expectativas se tornem reais? Novamente uma pergunta que dependerá de cada um achar o sistema que melhor funciona para si, como no caso da ansiedade. Eu, particularmente, gosto de uma estratégia que consiste em definir previamente, de forma racional, expectativas iniciais que possam ser alcançadas com certa facilidade.

   Por exemplo, no caso do livro “A arte da Excelência”, tenho a expectativa já definida que ficarei bastante satisfeito com o resultado se minha família e meus amigos lerem o livro, dando-me algum tipo de retorno se gostaram ou não. Já com relação ao blog, a expectativa que defini previamente é que esse será um espaço bastante importante para mim, mesmo que ninguém leia o que escrevo. A minha expectativa aqui é ter uma material que ao longo do tempo faça uma memória histórica pessoal do meu pensamento gerencial. Isso já será bem interessante.

   Agora, é importante esclarecer que essa estratégia de definir previamente expectativas iniciais de fácil realização não quer dizer que você deixará de buscar voos mais altos. No meu caso, realizar minhas expectativas iniciais já me deixará satisfeito, com o sentimento de missão cumprida. Mas também servirá de motivação para procurar superar essas expectativas e, gradualmente, ir definindo novas expectativas e novos resultados a serem alcançados.

   Para quem já jogou videogame é como naqueles jogos de várias fases. Começa fácil, para a gente ir se acostumando ao jogo. Depois vai ficando cada vez mais difícil. Mas é justamente esse aumento gradual de dificuldade que gera a capacidade de chegar até a vitória final. A estratégia que estou apresentando, portanto, consiste em definir expectativas mais simples no começo e ir aumentando a dificuldade gradualmente, cada vez que se atinge a expectativa anterior. No fundo não deixa de ser uma forma de controlar as expectativas. O que acham? Alguma outra sugestão?

Um abraço,

Emmerson Gazda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A arte da Excelência" é um projeto sem fins comerciais destinado a gerar reflexão e ações concretas para a realização pessoal e profissional.