O blog "A arte da Excelência" foi criado para dar continuidade às ideias do e-book de mesmo nome publicado em 18/05/2011. O download gratuito do livro "A arte da Excelência" e outros conteúdos de destaque permanente estão logo abaixo, no lado direito da página. Para ser informado das novas postagens do blog cadastre seu e-mail ou curta nossa página no Facebook. Para entrar em contatoconosco escreva para artedaexcelencia@gmail.com. Um grande abraço e viva com Excelência!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A vida é um investimento de longo prazo!

Meus caros:

   Na semana passada escrevi sobre razões e emoções para deixar de fumar. Um aspecto que me chamou a atenção foi o resultado financeiro a que se pode chegar ao longo do tempo substituindo o gasto de uma carteira de cigarro diária por uma aplicação financeira. Fiquei pensando durante essa semana nessa questão e assim surgiu a reflexão que apresento na postagem de hoje: a vida como um investimento de longo prazo.

   Pois bem, todos, ou pelo menos a maioria de nós, querem viver muito tempo. De outro lado a Medicina atualmente oferece condições para realizarmos esse desejo. Quem tem 20 anos conta com boas chances de viver com qualidade mais pelo menos 50/60 anos. Quem tem 40, vislumbra pela frente um caminho promissor de mais 40. E quem já passou dos 60 ainda tem muita vida para desfrutar, especialmente se pensou a vida como um investimento de longo prazo.

   É claro que estou falando aqui sobre probabilidades e possibilidades. Sempre há um risco de não chegarmos tão longe quanto sonhamos. Já falei, inclusive, sobre isso aqui no blog. Então, ao pensarmos a vida como um investimento de longo prazo, não podemos esquecer de viver com intensidade o momento presente. Não exatamente pelo risco de não irmos tão longe quanto idealizamos. Mas essencialmente porque a vida está acontecendo agora. É apenas no momento presente que podemos e devemos fazer a diferença para um excelente dia de hoje.

   O fato, contudo, de vivermos com intensidade o hoje não significa esquecer do futuro. Pelo contrário, é no momento presente que nos cabe definir como será nosso futuro. E é aqui que entra a reflexão que fiz, a partir da postagem da semana passada. Quer dizer, quando alguém fala que o dia de hoje é o único em que se pode fazer alguma coisa isso é algo quase que intuitivo. Todos sabemos disso. Mas particularmente essa ideia sempre me fez pensar que precisava de grandes realizações no presente para projetar alguma coisa melhor para o futuro.

   Entretanto, ao constatar que com um pequeno valor diário em uma aplicação financeira poderia chegar a um resultado financeiro bem interessante, percebi que ao longo da vida não são as grandes realizações que fazem a maior diferença. As pequenas realizações positivas diárias, quando somadas ao longo de toda a vida, tornam-se, no fim, maiores que as grandes realizações. Diria que na verdade são elas que fazem a diferença em nossas vidas.

   No exemplo da aplicação financeira, basta ver que se a pessoa aplicar R$ 4,00 por dia durante 50 anos poderá ter um valor maior do que o resultado de uma única grande aplicação que faça. Nesse caso de uma aplicação única, aliás, como a pessoa não tem o hábito de poupar, corre o risco de gastar o valor aplicado rapidamente. Enquanto isso a poupança dos R$ 4,00 por dia, fixada como uma grande meta, estará sempre crescendo.

   E é assim com tudo na vida. Pequenos cuidados diários com a saúde, prestando atenção na alimentação e na parte física, como já tratamos aqui no blog, darão um melhor retorno para nossa aparência e qualidade de vida que fazer uma série de cirurgias estéticas aos 40 e outras aos 50 anos. Da mesma forma, aprender alguma coisa nova todos os dias, por mais simples que seja, ao longo do tempo nos tornará cada vez mais sábios. Bem mais do que “devorar” 50 livros em um ano estudando para concursos. Orar ou meditar diariamente cuidará de nossa espiritualidade com muito mais eficiência do que rezar sem parar na hora do desespero. Cultivar o amor à família e cuidar das amizades diariamente, mesmo que em pequenas doses, tem efeitos bem mais interessantes que lembrar da família e dos amigos lá de vez em quando, oferecendo grandes festas.

   Em resumo, o detalhe de procurar melhorar um pouquinho a cada dia, mesmo que seja imperceptível para os outros e até para si mesmo, é algo que ao longo do tempo faz uma grande diferença.

   De outro lado, é importante perceber que cultivar diariamente aspectos negativos, mesmo que sejam imperceptíveis em uma visão de apenas um dia, é algo que ao longo do tempo se soma e contribui para uma vida com resultado negativo. Pequenos sentimentos de inveja, a prática constante de maldades ditas “inocentes”, o pensamento negativo, a atitude pessimista, a eterna insatisfação diante da vida, a soberba não declarada, o ficar simplesmente estagnado, sem buscar o aperfeiçoamento diário, tudo isso são atitudes que, por menores que sejam, a longo prazo vão se somando e, no final das contas, podem ter um resultado mais impactante do que uma grande realização negativa.

   Enfim, como dizia um grande amigo meu, falando sobre basquete: “no basquete a diferença está nos detalhes”. Percebo, hoje, que não só no basquete, mas em tudo na vida, a diferença está nos detalhes. Viver bem o hoje, com pequenas atitudes positivas, é um detalhe que permite ter intensidade no presente e, ao mesmo tempo, projetar um futuro promissor.  

Um grande abraço e até semana que vem,

Emmerson Gazda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"A arte da Excelência" é um projeto sem fins comerciais destinado a gerar reflexão e ações concretas para a realização pessoal e profissional.